Os Cactos - Para que não se esqueça. Para que nunca mais aconteça.

O Grupo estará apresentando nesta sexta feira, às 20h, no Espaço Cultural do PSOL, o espetáculo “OS CACTOS”.



O texto de Emmanuel Nogueira, dramaturgo cearense, conta a história de uma mãe que confina sua vida no quarto do filho que desapareceu nos porões da ditadura militar brasileira. Pedro, jovem revolucionário, é preso, torturado e desaparece sem deixar notícias.

A trama se desenvolve em quadros que retratam através dos tempos, 1968 aos dias de hoje, o legado da ditadura militar nas relações humanas.

Entre dores, esperanças e barbáries o clima de crise política e de tensões sociais de um tempo vão sendo mostrados numa alternância de sentimentos que se personificam entre o anseio de viver e morrer por um sonho.
 

O espetáculo procura criar uma relação com o presente cobrando uma dívida do país e reforçando a luta dos familiares pelo direito de encontrar e enterrar os corpos dos seus entes queridos que ainda somam mais de 140 desaparecidos políticos no Brasil.



O espetáculo se insere no presente para que não se esqueça. Para que nunca mais aconteça.

 
PRODUÇÃO: Grupo Expressões Humanas
TEXTO: Emmanuel Nogueira
DIREÇÃO E CENÓGRAFIA : Herê Aquino
FIGURINO E SONOPLASTIA: Criação coletiva
ILUMINAÇÃO: Tomaz de Aquino
MAQUIAGEM: Criação coletiva
ARRANJO FINAL DO HINO NACIONAL: Carlinhos Crisóstomo
FOTOS: Hélio Creston
 ELENCO:   Edneia Tutti
Katiana Monteiro
Magno Carvalho
Marina Brito
Murillo Ramos 

Comentários

Ludovica Muluc disse…
merdaaaaaaa!!!
saudade meu povo!

Postagens mais visitadas